Tag Archives: skate

Praça Roosevelt e os skatistas

Praça Roosevelt e os skatistas

praça roosevelt

A Praça Roosevelt é um ponto conhecido de São Paulo que fica localizada na região central da cidade. A fama do local deu-se muito pelas inúmeras transformações e funções que admitiu no decorrer do tempo. Sendo inicialmente uma parte do terreno de Dona Veridiana Prado, a praça transitou entre reduto de artistas e alta sociedade para o que foi conhecido como esconderijo de marginais e drogados.

antiga_praça_roosevelt

Antiga Praça Roosevelt

Há pouco tempo a praça foi restaurada e entregue ao público novinha em folha, mas não se livrou das polêmicas de sua estrutura. O problema deste local de São Paulo, que era para ter sido um marco turístico da cidade, podemos atribuir ao design, ou à falta dele.

Como sabemos, o bom design é sempre seguido de um bom planejamento, não só de estética, mas de estrutura e funcionalidade. Entretanto, a Praça Roosevelt, desde sua fundação na década de 1950 foi feita sem planejamento. Neste primeiro momento, inclusive, a praça foi construída sem o devido nivelamento o que gerou deslizamentos.

Mas voltando para a nova Praça Roosevelt, o grande problema, analisando sob o ponto de vista do design, foi a funcionalidade do local. Para quem foi construído este novo espaço? Como seria aproveitado o local? Perguntas simples que qualquer projeto tem que considerar antes de ser executado.

A praça foi entregue renovada, com bancos, espaços abertos, grama e um lindo piso de concreto bem lisinho.

Opa! Concreto liso?!

Bom, foi aí que veio a grande polêmica. Em uma cidade que quase não há espaços livres para convivência, muito menos para esportes, é criada uma praça toda de concreto pronta para skates, patins e bicicletas. Foi exatamente como aconteceu. Logo o piso virou pista e os bancos viraram obstáculos.

praça-roosevelt-skate

foto tirada do site almasurf

O problema é que não são só skatistas que querem usufruir da praça e banco de madeira e skate não combinam. Em pouco tempo de inauguração a praça já mostra sinais de deterioração.

Mas aí pensamos: “Bom, é só designar um espaço para cada um: crianças, cachorros, skates, etc.”

Engana-se!

Para acrescentar mais um problema de design, a praça foi inaugurada sem as devidas placas de sinalização para essas áreas.

Enfim, se a Praça Roosevelt tivesse sido planejada considerando-se o público-alvo, seria constatado que na região tem muitos jovens sem muitos lugares para se divertir e o skate voltou à moda (ou nunca saiu). E não só skatistas, mas os moradores da região estavam precisando de um espaço de convivência amplo para levar a família, encontrar os amigos ou somente para relaxar.

Uma solução seria a construção de uma pista específica para os amantes do esporte e as áreas de uso comum serem cobertas com gramas e árvores, afinal, para uma cidade coberta por concreto como São Paulo, um pouco de verde é sempre melhor.

As soluções são várias, mas fica a lição, um projeto como esse tem que ser sempre pensado sob a ótica do design para trazer bons resultados.

Share